AUTHOR: Thaís Fernandes Santos

RESUMO: Este estudo tem como objetivo discutir a invisibilidade e a representação de mulheres, como compositoras, por parte de meios comunicacionais que, neste trabalho, compreendemos como: 1) programações de orquestras sinfônicas brasileiras (região sudeste); 2) revistas de divulgação de música erudita em âmbito nacional e; 3) coleções fonográficas promovidas por grandes editoras. Neste estudo, buscamos verificar e contabilizar o número de mulheres que fazem parte deste cenário e de que maneira esta mídia representa e reproduz o enfoque na hierarquia de gênero. Os resultados são significativos e apontam para a diferença de gênero em relação ao trabalho e comunicam a hierarquia dos saberes. Este estudo de revisão sobre a presença feminina no cenário da música erudita brasileira apresenta uma discussão envolvendo a complexidade entre as relações de gênero e a comunicação social através de materiais visuais, sonoros e impressos, destacando a importância do aprofundamento na temática, na área de pesquisa, e buscando fazer avançar o conhecimento.

PUBLICATION TYPE: Conference Paper – III Encontro Nacional de Estudos de Gênero, Laboratório de Estudos de Gênero, Poder e Violência (LEG/PPGHIS/UFES) 2018.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s