AUTHORS: Thaís Fernandes Santos, Maurício Alves Loureiro

ABSTRACT: The aim of this work is to examine the physical gestures performed by the musicians during a musical performance through the visual analysis using the Laban-Bartenieff Movement system. The purpose is to suggest an investigation for observers perceiving movement without formal training in this topic. For this, we designed an experiment involving five professional flutists who were asked to play two different excerpts, four times each one: (1) the second movement of Wind Quartet No. 2, in G major by G. Rossini, (2) Allegro meno mosso  of Woodwind Quartet by H. Villa-Lobos. The motion and audio of different flutist performances were analyzed to evaluate the relationship between physical gestures and musical phrase organization. Concerning the relation between ancillary gestures and the expressive intentions, we observed three dominant trends: grouping by musical phrase, enhance sense of tempo or rhythmic unit and the conduction of musical motif. The findings point to a possible relationship between musicians’ movement and the planning of musical phrases, given that the motion conveys the performer’s musical intentions.

RESUMO: O objetivo deste trabalho é realizar uma análise visual, através dos fundamentos dos movimentos de Laban-Bartenieff, nos gestos físicos realizados pelos músicos, durante uma performance. Para tanto, realizamos um experimento envolvendo cinco flautistas profissionais executando dois excertos musicais: (1) o segundo movimento do quarteto para sopros de G. Rossini, (2) Allegro meno mosso  do quarteto para madeiras de H. Villa-Lobos. Analisamos o movimento e o áudio dos flautistas e as possíveis relações entre o gesto acompanhante e a maneira na qual os músicos organizam suas frases musicais. Apontamos, assim, três possíveis hipóteses de relação entre eles: o gesto relacionado com as frases musicais, o gesto realçando o pulso ou uma unidade rítmica e, por fim, o gesto como condutor de um motivo musical. Nossas observações apontam para uma possível relação entre o movimento e o discurso musical ou a maneira na qual eles se comunicam com os ouvintes e/ou com outros músicos, numa performance em conjunto.

PUBLICATION TYPE: Conference Paper – 13º Simpósio Internacional de Cognição e Artes Musicais, 2017.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s